Últimos assuntos
[Dados] Marca do HeróiTer Ago 21, 2018 1:48 pmeric
Duvida de Parceria. Seg Jul 02, 2018 9:04 amErick Nero
testando os dadosSeg Jun 18, 2018 9:00 pmeric
Ficha de DesnaSeg Jun 18, 2018 8:49 pmDesna
[Dados] UchihaSeg Jun 18, 2018 8:00 pmeric
[Dados] Afinidade ElementalSeg Jun 18, 2018 7:02 pmeric
Ficha: UrameshiQua Abr 11, 2018 7:35 amAron Tinuviel
Mudanças de NosvitQui Abr 05, 2018 12:35 pmAron Tinuviel
[Criações de Nosvit]Qui Abr 05, 2018 11:28 amAron Tinuviel
Modificações de Aron TinuvielQua Abr 04, 2018 11:33 amNosvit
[Aventura C] - Chris Qua Abr 04, 2018 1:09 amChris
Ativação de ItensTer Abr 03, 2018 1:55 pmeric
Aron Tinuviel [Iryo-Nin]Ter Abr 03, 2018 1:36 pmeric

Compartilhe
Ir em baixo
avatar
GENIN/KONOHA

Créditos : 331
Mensagens : 54
Data de inscrição : 11/02/2018

Ficha do Perfil
 :
0/0  (0/0)
 :
0/0  (0/0)
 :
0/0  (0/0)
Ver perfil do usuário

residência;

em Qui Mar 22, 2018 3:57 pm


É um templo grande e antigo localizado no extremo norte de Konoha, abrigando um estilo japonês com uma elegância clássica que não corresponde à época ao qual está inserido. Por apresentar este estilo, a obra é considerada um exemplo raro para a história arquitetônica da Vila da Folha. Felizmente, mesmo após tantos anos contabilizados na história desta residência, a mesma ainda não foi derrubada, apesar de apresentar um certo nível de degradação e ocupar uma grande quantidade de espaço em uma área de planejamento cívico.

O templo fora construído ladeado por uma cadeia montanhosa, e isto dificultou o processo de ocupação do espaço, visto que são poucas as pessoas que querem se isolar no alto do vilarejo, longe de tudo e de todos. Apesar deste fator, a região é acompanhada de uma vegetação belíssima, e a propriedade possui para si um pequeno bosque e um lago para desfrutar de deleitáveis prazeres bucólicos.

avatar
GENIN/KONOHA

Créditos : 331
Mensagens : 54
Data de inscrição : 11/02/2018

Ficha do Perfil
 :
0/0  (0/0)
 :
0/0  (0/0)
 :
0/0  (0/0)
Ver perfil do usuário

Re: residência;

em Qui Mar 22, 2018 3:58 pm


Sharingan — nível I
...

No sonho, o herói não estava bem. Novamente, aquele que um dia fora batizado pelo nome de Shirou Emiya encontrava-se diante daquela colina de espadas sem fim, onde nem mesmo o máximo de sua visão conseguia alcançar seu término. O primeiro dos cinco sentidos coincidia com engrenagens distorcidas, gigantes corpos de metal que giravam em sentidos incertos, da mesma maneira que as nuvens vermelhas contornavam todo o vale. E era isso; Emiya estava no vale da sombra da morte, e por conta disso, não deveria temer nenhum mal — segundo rogas antigas. Contudo, o medo, o receio e a inquietude eram inevitáveis. Estava ele, apoiado naquele solo infértil, de cabeça baixa e respiração ofegante. Gotas de sangue irrigavam a areia fina, saindo da testa para acabarem no chão arenoso. As vestes estavam em trapos, de tal forma que ele nunca havia visto. Com o peito formigando, sentiu uma pontada em sua cabeça, forçando-o a urrar de dor. Jorrou sangue, e cuspiu-o. “O que é isso?” – pensou, tentando entender a situação. Sabia ele que era um sonho, já havia estado ali antes – ele sabia que não era real. “Encontre seu caminho. Seja quem você é de fato” – uma voz murmurou por todo o vale, ao mesmo tempo que uma brisa fresca bateu em seu corpo. Um segundo depois, o mundo acabou. Estava negro, como se tivesse sido lançado no inferno; e além disso, o arqueiro percebeu que estava caindo. Não conseguiu gritar, apenas debateu-se de maneira brusca, tentando encontrar naquele infinito de sombras algo para agarrar. Infelizmente, não encontrou; e subitamente, acordou.

Seus olhos se abriram em um ímpeto de força, como se o shinobi houvesse acordado em um susto. Ele estava suando, encharcado, e sua cabeça doía de maneira frenética. Os músculos ardiam, e a visão ouriçava, como se estivesse desfocando. Emiya sentiu que não estava bem. Levantou-se da cama com cuidado, sentando na beirada e cadenciando a respiração. Os batimentos cardíacos estavam extremamente acelerados, de forma que fosse possível ver o contorno do coração pelo peito do ninja. "Vou desmaiar” — mentalizou o jovem de cabelos alvos, já prevendo o pior de seus destinos. Contudo, de maneira inesperada, todos os sintomas pararam. Seu batimento voltou ao normal, o calor incessante terminou, e a cabeça parou com a dor. Contudo, em troca disso, sua visão tornou-se diferente. Os olhos voltaram a se focar, contudo, focavam em coisas que Emiya não fazia ideia do que eram. O ninja viu correntes azuladas passando pelo seu corpo, sentindo que elas se movimentavam e circulavam por parte de seus órgãos. Não demorou muito para ele entender que aquilo era chakra, e o que ele estava fazendo era uma coisa anormal. Rapidamente, o shinobi se dirigiu até o espelho do banheiro, e sem acender as luzes, deparou-se com seus olhos. Ambos brilhavam naquela imensidão de sombras, destacando as íris avermelhadas que cintilavam com o reflexo do espelho. As íris estavam contornadas por uma espécie de tomoe, contabilizando uma em cada olho. O arqueiro, com medo daquele poder, fechou os olhos com força, esperou alguns segundos, e em seguida abriu-os. Eles voltaram ao normal, retornando à coloração acinzentada.

Emiya enxugou o rosto com suor acumulado e em seguida voltou para sua cama. No dia seguinte, ele trataria de tomar ciência de seu novo poder, conhecido por muitos como o Olho Copiador, Sharingan.

Archer: 200; 240; 300; 500

afins:
— Roleplay indicando o despertar de meu dojutsu.
— Aparência do Espírito Heróico EMIYA, de Fate/stay night. Hip-pouch de vinte (20) espaços na cintura, virada para o lado direito.

✱ Kunai [x5]
✱ Shuriken´[x5]
✱ Bomba de Fumaça [x2]
✱ Bomba de Luz [x2]

etc:
q
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum